parimatch

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

Em 2014, depois de 27 anos, o Volkswagen Gol perdeu a liderança nas vendas de carros novos, superado pelo Fiat Palio. Agora, CARRO ONLINE pode afirmar que o Ford EcoSport deixou de ser o SUV/crossover mais emplacado no Brasil. O autor da façanha de derrotá-lo é o Honda HR-V.

Os dados mais recentes apontam que, nesta terça-feira (7), o modelo da Honda deve ter vantagem de pelo menos 25 unidades sobre o rival, considerando as vendas acumuladas desde o início do ano. EcoSport e HR-V fecharam junho com 17.847 e 17.573 emplacamentos, respectivamente (dados da Fenabrave). Mas já nesta primeira semana de vendas de julho a vantagem do Ford, de 274 unidades, foi revertida.

Honda HR-V foi lançado em março último; Ford EcoSport em 2003
Vale notar que o HR-V foi lançado em março e teve seu primeiro mês cheio de vendas em abril. Há espera de pelo menos 90 dias para comprar uma unidade, situação que deve continuar até 2016. Então, a nova fábrica da Honda em Itirapina (SP) vai absorver parte da produção do modelo, hoje feito Sumaré (SP) e na Argentina.

O EcoSport foi o modelo pioneiro no sub-segmento de jipinhos urbanos. Lançado em 2003 sobre a base do antigo Fiesta e com visual inspirado no Ford Explorer, resistiu bravamente ao modismo dos off-road light (como o Volkswagen CrossFox), copiou o visual do Land Rover Freelander em 2010 e, a partir de 2013, globalizou-se ao adotar a nova plataforma compacta da Ford (outra vez compartilhada com o Fiesta). Foi o grande responsável por oxigenar a Ford e, efetivamente, trazê-la para o século 21.

Leia também
Comparativo: HR-V encara rivais Tracker e EcoSport
HR-V pode ter fila nas lojas até 2016

Faz tempo que virou clichê chamar qualquer novo jipinho urbano e/ou crossover lançado no Brasil (e, a partir de 2013, no mundo) de “anti-EcoSport”. O Renault Duster foi uma boa tentativa, o Jeep Renegade era outra aposta, mas quem conseguiu virar o jogo foi o HR-V.

É fato que não se trata de um SUV tradicional (não tem tração 4×4 nem como opcional, por exemplo), mas o HR-V une características de utilitário a outras de minivan e hatch. Mais que isso, disputa exatamente o mesmo público do Eco.

Um alento para a Ford é que a reestilização de seu modelo, marcada para 2016, deve dar novo fôlego às vendas. Ao mesmo tempo, o entusiasmo inicial pelo HR-V pode (veja bem, pode) arrefecer depois de alguns meses. Por ora, já gravou seu nome na história da indústria automotiva.

HR-V emplacou 17.573 unidades de março a junho

Share This
parimatch Mapa do site