Fortune Rabbit

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

Novo Citroën C3

Grande lançamento da marca em 2022, o novo C3 mobilizou um crescimento de mais de 70% no número de concessionárias

 

Com o lançamento do novo C3 previsto para os próximos meses, a Citroën anuncia uma grande ampliação em sua rede de concessionárias esperando um sucesso estrondoso para o modelo. A expectativa é aumentar em mais de 70% o número de autorizadas quando comparado a 2019, chegando assim a 180 concessionários até o fim de 2022.

“Nossa rede confia no sucesso do Novo C3, e está pronta para as novidades do Projeto C-Cubed, com o lançamento de mais dois modelos inéditos nos próximos dois anos. Além disso, preparamos um plano ousado de manutenção para que nosso modelo continue acessível após a compra”, diz André Montalvão, diretor comercial para a Citroën no Brasil.

O que já sabemos do novo C3?

Desde o início do ano a Citroën vem divulgando informações gradualmente sobre a nova geração do C3. Serão oferecidas duas opções de cores para o teto, podendo chegar a 13 combinações diferentes com os tons da carroceria. Além da já revelada carroceria na cor azul (Spring Blue) com teto branco, o novo C3 terá opção de teto na cor preta. 

Ao contrário do modelo indiano, a opção de teto laranja não estará disponível no Brasil. Do lado de dentro, a faixa central do painel poderá vir nas cores cinza ou azul, de acordo com a versão. O hatch também poderá ser personalizado com múltiplos acessórios originais, de acordo com a marca, totalizando 150 variações.  

Produzida em Porto Real, no Rio de Janeiro, a nova geração do C3 será o primeiro modelo de uma família de três veículos, projetada para os clientes brasileiros e dos demais países da América do Sul. Aliás, será o primeiro veículo a ser fabricado em Porto Real utilizando a variante da plataforma CMP (Common Modular Platform), além de ser o primeiro veículo da Stellantis produzido no Brasil a empregá-la.

Trata-se da mesma plataforma do Peugeot 208, porém, adotando soluções simplificadas para torná-lo acessível. E será exatamente essa variante da CMP que servirá de base para o projeto C-Cubed e os três novos veículos inéditos já anunciados, começando com o C3, previstos para os próximos dois anos.

Segundo registros de homologação obtidos pela Revista CARRO, o novo Citroën C3 deverá ser lançado inicialmente em três versões: Feel, Feel Pack e First Edition. Todas terão sempre o motor 1.6 EC5 flex do Peugeot 208, de 118 cv. Na configuração básica, o câmbio será manual de cinco marchas, enquanto as demais terão sempre câmbio automático de 6 marchas. Futuramente, o compacto poderá ganhar novas opções de motores da Stellantis, como os 1.0 Firefly e 1.3 Firefly do Fiat Argorecentemente lançado no 208.

 

Fotos: Divulgação/Citroën

Share This
Fortune Rabbit Mapa do site