Mega roleta

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

Interior Volvo C40 fim do couro animal

Além do bem-estar animal, medida visa contribuir com a redução dos impactos ambientais da pecuária

 

A Volvo anunciou que deixará de utilizar couro de origem animal em seus novos veículos elétricos. Aliada ao reforço do pilar de sustentabilidade da marca, a medida tem como objetivo garantir o bem-estar animal e reduzir os impactos ambientais causados pela pecuária.

De acordo com a Volvo, estima-se que a pecuária seja responsável por cerca de 14% das emissões globais de gases de efeito estufa provenientes da atividade humana. Além do fim do couro animal, a marca pretende, até 2025, que 25% dos materiais utilizados nos veículos sejam compostos por conteúdos reciclados e naturais. A fabricante também estipulou que fornecedores utilizem 100% de energia renovável no mesmo prazo.

O primeiro modelo Volvo totalmente livre de couro animal é o C40 Recharge, SUV cupê derivado do XC40 elétrico. A meta da marca é ter portfólio formado exclusivamente por carros 100% elétricos a partir de 2030. Outra aposta da marca com proposta sustentável foi o lançamento de um têniscom solado composto por pneus reciclados.

A próxima geração de modelos da Volvo, que deverá ter como primeiro representante o novo XC90 totalmente elétrico, terá revestimento interno com um novo material de acabamento. Chamado de Nordico, consiste em têxteis feitos de material reciclado (como garrafas PET), itens de florestas sustentáveis na Suécia e Finlândia, e rolhas recicladas da indústria de vinhos.

Fotos: Divulgação

Share This
Mega roleta Mapa do site